domingo, 4 de outubro de 2009

Resolução é importante, mas não é o único fator para garantir uma boa imagem

Resolução é importante, mas não é o único fator para garantir uma boa imagem


segunda-feira, 28 de janeiro de 2008
Muita gente considera a resolução máxima da tela um ponto importante ao decidir entre plasma ou LCD. Por enquanto é difícil encontrar telas de plasma full HD (1.080 linhas horizontais) no Brasil. No caso do LCD, vários fabricantes vendem telas full HD, mas são bem mais caras. Nem sempre a quantidade de pontos basta para determinar a qualidade da imagem. Existem vários fatores que afetam a imagem a que assistimos e todos devem ser levados em consideração.

De cara, recuse telas com resolução inferior a 720p (linhas horizontais), o padrão mínimo de alta definição. Telas full HD só valem a pena se você for um entusiasta e possuir um tocador de discos Blu-Ray ou HD-DVD. Como o custo desse tipo de tela ainda é alto, é melhor esperar que os preços caiam.

Mais importante do que analisar a quantidade de linhas na tela é verificar a capacidade do televisor para exibir imagens em movimento.

Nesse ponto, as telas de plasma são imbatíveis. Imagens em movimento ficam muito mais fluidas nas telas de plasma do que nas de LCD. No Japão é muito comum atribuir à tela um selo com a informação da quantidade de linhas verticais de movimento que ela é capaz de exibir.

Plasmas exibem no mínimo o dobro de linhas verticais nítidas que uma LCD convencional. Isso faz uma boa diferença porque o movimento fluido oferece mais conforto visual.

Novos avanços permitem que telas de LCD mais modernas cheguem perto da performance das de plasma nesse quesito. Nas telas normais de LCD a imagem é atualizada 60 vezes por segundo. Nas de maior resolução de movimento, 120 vezes por segundo. Mas, além de raras (no Brasil nenhuma tela do tipo é vendida), elas são mais caras do que as convencionais.

Um dos problemas enfrentados por ambas as tecnologias é a forma como elas exibem o sinal de definição padrão, transmitido pela TV aberta, a cabo e aparelhos de DVD normais.

As TVs de tubo não mostravam tanto as imperfeições do sinal convencional, mas as de plasma e LCD fazem esses defeitos saltarem aos olhos. Muita gente levou uma tela do tipo para casa e se arrependeu. Isso melhorou porque os novos modelos possuem processadores digitais de imagem que reduzem imperfeições.

De qualquer forma, é bom lembrar que telas de LCD e plasma foram feitas para exibir imagens de alta definição – pelo menos 720 linhas horizontais. Ou seja, valem realmente a pena para quem tem DVDs de alta resolução ou TV Digital e para jogar games de última geração.J.A.
Reações:

0 comentários: