domingo, 4 de outubro de 2009

Fotografia - Acredite, sua câmera é capaz de boas fotos

Acredite, sua câmera é capaz de boas fotos

Digital mudou (quase) tudo na fotografia a ponto de criar uma ‘cultura da câmera’; Link traz dicas para acertar no clique


segunda-feira, 10 de agosto de 2009 17:01
por
Bruno Galo
As câmeras fotográficas digitais - tradicionais ou em celulares - estão em toda parte: nas ruas, no ônibus, no metrô, no avião, no restaurante, na balada, no colégio ou na faculdade e até em ambientes de trabalho. Não há dúvida, nunca se fotografou tanto como hoje. Assim como, jamais se mostrou tanto o que se clica. Por fim, em tempo algum o fotógrafo foi tão protagonista de suas próprias imagens. Esses dois últimos exemplos, por sinal, são uma clara cortesia da internet e suas múltiplas redes de relacionamento.

Veja também:
Dicas para acertar no clique 
Teste das câmeras

Alguns pesquisadores, como o indiano Ramesh Raskar do MediaLab, laboratório de mídia do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), nos EUA, um dos principais centros da vanguarda mundial de pesquisa em novas tecnologias, têm se dedicado ao estudo do tema. Para Raskar, o que estamos testemunhando é o surgimento de uma "cultura da câmera" (camera culture, em inglês).

Raskar defende que não se trata apenas de uma mera expansão quantitativa das imagens. O fato novo é o relacionamento entre as pessoas, mediado pela internet e baseado cada vez mais no registro e no desejo de se consumir imagens.

O digital mudou tudo - ou quase - na fotografia. "A fotografia extrapolou suas fronteiras com o digital. E o mercado expandiu de tal forma que hoje todo mundo tem interesse nesse assunto", observa Duda Escobar, show manager da PhotoImage Brazil, maior evento do setor da América Latina, que começa amanhã em São Paulo.

É preciso experimentar

De um jeito ou de outro, a boa notícia é que não importa qual a câmera que você tem ou pretende comprar. Ela é capaz de tirar boas fotos. A opinião foi colhida pelo Link junto ao renomado fotógrafo Klaus Mitteldorf, que costuma tirar belas fotos até com os seus celulares, e ao idealizador e curador-geral do tradicional Prêmio Porto Seguro de Fotografia, Cildo Oliveira, que sempre se preocupou em abrir espaço para novas plataformas de pesquisa da imagem na premiação (neste ano as fotos feitas com celulares ganharam uma categoria própria).

Para você acertar no clique, preparamos um guia com dicas simples que podem ajudá-lo nesta missão (veja ao lado). A primeira – e talvez mais importante dica – é: tire muitas fotos, muitas mesmo. Experimente todos os ajustes e opções de comandos que encontrar na máquina e observe atentamente aos resultados deles. Em suma, explore e exercite seu olhar.
É claro que uma câmera mais sofisticada trará mais recursos e, com eles, mais possibilidades. Mas isso não quer dizer que ela é garantia de uma boa foto. "Uma boa câmera sempre ajuda, mas o olho do fotógrafo é fundamental na imagem", observa Oliveira. "O bom fotógrafo é aquele que sabe usar o seu equipamento, seja ele de boa ou má qualidade", pondera Mitteldorf. A entrevista completa com os dois, você confere no www.estadao.com.br/link.

Apesar da revolução trazida pelo digital e do filme fotográfico ter virado quase item de museu, o negócio de revelar fotos (imprimir imagens em papel fotográfico), que há pouco tempo parecia ter sido sepultado, têm prosperado e movimenta, em todo o mundo, cerca de US$ 1 bilhão. Quer dizer, muita gente percebeu que a melhor forma de ver fotos ainda é no bom e velho – e analógico – álbum. Ironias do mundo digital.

Acerte no clique independentemente da sua câmera

Saiba como: fuja dos mitos da fotografia digital

Reações:

0 comentários: