sexta-feira, 30 de outubro de 2009

10 downloads gratuitos fantásticos para rede


(http://computerworld.uol.com.br/tecnologia/2008/02/14/10-downloads-gratuitos-fantasticos-para-rede)
Por Computerworld, EUA
Publicada em 14 de fevereiro de 2008 - 08h24
Atualizada em 20 de janeiro de 2009 - 10h45
Se você quer aumentar o desempenho da sua rede e fazer com que tenha o melhor desempenho possível, conheça as dicas para facilitar o uso, fazer ajustes e mantê-la segura.
Você tem uma rede doméstica, uma pequena rede, uma rede de médio porte, até mesmo uma rede corporativa, e deseja extrair o máximo dela? Então tenho uma boa notícia para você: 10 programas gratuitos que podem tornar sua rede mais fácil de usar, detectar e reparar falhas, e manter. Estes freebies vão ajudá-lo quer você seja um usuário principiante ou um profissional de rede.
Aqui há ferramentas gratuitas fantásticas para manter sua rede segura; criar um mapa da rede rápido e navegável; fazer uma varredura da rede e elaborar uma lista de todos os dispositivos conectados; checar se os servidores estão funcionando; projetar redes, e muito mais.
Vale ressaltar que deixei de fora downloads gratuitos extremamente populares, tais como o analisador de protocolo de rede Ethernet ou Wireshark, e me concentrei em downloads menos conhecidos.
E, como bônus, incluí uma análise de um download pago, do tipo experimente antes de comprar, que também pode ajudar sua rede.
1. Network Magic
Se você buscava uma ferramenta de gerenciamento de rede tudo-em-um simples e gratuita para uma pequena rede peer-to-peer, já achou. Entre muitas outras coisas, o Network Magic lida com todas as tarefas de rede básicas, incluindo adicionar novos dispositivos à rede, reparar conexões de rede colapsadas, configurar criptografia e proteção wireless, compartilhar impressoras e pastas e informar o estado da segurança de cada PC.
Wizards guiam você no decorrer de todas estas tarefas e outras. Se você é experiente em rede, os wizards podem ou não ser úteis, mas quem tem experiência moderada ou menos certamente os achará proveitosos. Aliás, mesmo que você seja um profissional de rede, encontrará muitos atributos que valem a pena neste programa simples. 
O Network Map do Network Magic é superior ao do Windows Vista e oferece informação útil sobre cada dispositivo conectado à rede.

O Network Map exibe todos os dispositivos conectados à rede, indica se eles estão online ou offline e apresenta detalhes sobre cada um, inclusive o nome do computador, o endereço IP, o endereço MAC, o sistema operacional que está sendo usado e pastas compartilhadas, e informação sobre o sistema, como processador e RAM. Ele também permite que você mude o nome da máquina e exibe alertas sobre cada dispositivo – por exemplo, se não está devidamente protegido. De um modo geral, é muito superior ao mapa da rede do Windows Vista.
O Status Center do software também é útil. Ele mostra informações gerais sobre a rede – se há problemas com a segurança como um todo ou com um PC individual, por exemplo. Além disso, repara conexões, informa se há intrusos na rede e apresenta dados sobre proteção wireless. 

O Network Magic cria relatórios sobre o uso da internet e da rede de cada PC conectado à rede.
Os pais vão apreciar alguns recursos do Network Magic. Entre outras coisas, o software monitora o uso de qualquer PC individual na rede em relação aos web sites que ele visita, as horas em que fica online e quais programas estão sendo utilizados, e envia um relatório diário para um endereço de e-mail especificado. Portanto, é ideal para os pais que desejam rastrear a utilização do computador por seus filhos. Também inclui um testador de largura de banda para mostrar a velocidade da conexão à internet no momento.
Note que o software tem versões gratuitas e pagas. A versão gratuita possui os recursos mais básicos, como reparo de conexões colapsadas, emissão de alertas de segurança, monitoramento da atividade da rede e o Network Map. A versão paga, que custa de US$24 a US$40, dependendo do número de PCs na rede, fornece relatórios diários sobre a atividade na internet, suporta acesso remoto a arquivos da rede e inclui outras funcionalidades avançadas.
Quando você instalar esta aplicação, talvez precise instruir seu firewall a permitir que ela acesse sua rede e a internet.

2. Spiceworks IT Desktop
Este freebie ajuda pequenas instalações ou instalações de um homem só equipadas com redes pequenas e médias, embora a complexidade da interface e algumas anomalias não o tornem particularmente útil para redes domésticas. É uma ferramenta de inventário e gerenciamento de rede tudo-em-um com um número de recursos surpreendente para um software gratuito.
O Spiceworks IT Desktop disponibiliza um volume substancial de informação sobre cada PC conectado à rede.

O Spiceworks IT Desktop inventaria a rede e fornece informações sobre cada dispositivo conectado. Ele vai ainda mais longe do que o Network Magic, oferecendo um volume de detalhe significativo sobre cada PC e dispositivo, inclusive o espaço em disco livre e utilizado, o software antivírus em uso, problemas no dispositivo (erros na conexão com o servidor, por exemplo) e outras informações, como mostra a figura. Além disso, faz um inventário bastante detalhado do software instalado em cada PC, descobrindo não só aplicações populares como o Microsoft Office e o Adobe Reader, mas também outras menos conhecidas como o cliente de FTP FileZilla. Percebi, no entanto, que ele teve mais dificuldade do que o Network Magic para encontrar todos os meus dispositivos na rede e que talvez  você precise fazer um ajuste fino em permissões e logins para que ele funcione adequadamente.
Quando você instalar esta aplicação, talvez precise instruir seu firewall a permitir que ela acesse sua rede e a internet.
O programa vem com muitos outros recursos, como fácil acesso a funções ping e traceroute. Também atua como uma aplicação de help desk. Você pode criar tickets de ajuda, atribuir os ticket a outras pessoas ou a si mesmo e incluir prazos, prioridades e assim por diante. Certamente, não é um substituto para uma aplicação de help desk completa, mas, para um pequeno escritório com uma modesta equipe de TI,  a gratuidade é um argumento imbatível.
O Spiceworks IT Desktop não é uma aplicação perfeita, tendo em vista que nem sempre encontra facilmente todos os dispositivos ligados à rede e apresenta certas anomalias (alguns programas antivírus talvez sinalizem um componente deste software como um vírus, por exemplo). Mas é grátis e simples de configurar -- e, só por este motivo, já vale o download.
3. NetLimiter Monitor
Este software também tem versões pagas. Dependendo do número de licenças, o NetLimiter Lite custa entre US$8,95 e US$16,95 e o NetLimiter Pro sai por US$14,95 a US$29,95.
Qual é o maior problema de muitas redes pequenas? Aplicações devoradoras de largura de banda, que sugam toda ou quase toda a banda larga de internet e rede disponível. Normalmente, é difícil -- ou até mesmo impossível -- localizar quais aplicações ou PCs estão consumindo tanta largura de banda e mais difícil ainda fazer qualquer coisa a respeito.
O NetLimiter permite que você estabeleça limites de largura de banda por aplicação.
Clique para ver a imagem ampliada.
É aí que entra o NetLimiter. Ele monitora o uso da largura de banda para que você possa identificar os devoradores. A versão gratuita do software, porém, não permite fixar limites para a utilização de largura de banda. Para isso, você precisará comprar uma das versões pagas, que limitam, inclusive, o volume total de dados baixados ou enviados, em uma base por aplicação ou por conexão. Você pode fazer vários ajustes finos, entre eles determinar limites diferentes para download e upload.
Esta aplicação oferece firewall, monitor de largura de banda e muitas outras funcionalidades. Não é o programa mais fácil de usar – à primeira vista, parece impossível  limitar a largura de banda para qualquer aplicação. Você tem que clicar na guia Grants localizada na parte inferior da tela e depois, para a aplicação que deseja limitar, clicar na coluna Grant, entrar um valor para o limite da largura de banda e clicar na caixa de seleção.
O programa tem três versões diferentes, começando com a gratuita, que só monitora o uso da rede e não limita a utilização de largura de banda. A versão Lite permite definir limites, mas não vai muito além disso, e a versão Pro adiciona uma grande quantidade de recursos, incluindo firewall e scheduler.

4. Network Notepad
Projetar uma rede ou manter um registro claro sobre aquela que você já tem pode ser uma tarefa extremamente frustrante. A maioria dos programas de projeto não oferece ferramentas adequadas para a criação de diagramas de rede. E, em relação a lápis e papel, quanto menos se falar neles, melhor.
Se você procura uma ferramenta para ajudá-lo a projetar sua rede ou fazer um acompanhamento visual da que você já possui, vai querer o Network Notepad. Com ele, você pode projetar a rede e desenhar esquemas que são mais do que documentos simples -- eles são dinâmicos e incluem links que permitem, por exemplo, usar Telnet para acessar qualquer dispositivo na rede apenas clicando em um botão no diagrama. 
Projetando uma rede com o Network Notepad.

O Network Notepad vem com uma paleta de ícones para roteadores, servidores, impressoras, hubs, modems e outros dispositivos de rede. Para projetar sua rede, escolha as figuras na paleta, arraste-as para o seu esquema e conecte os dispositivos usando um conjunto de ferramentas de desenho. Em seguida, defina as propriedades de cada dispositivo, como nomes e endereços IP. Se você importar um arquivo host, o Network Notepad preencherá os dispositivos automaticamente com os endereços IP certos.
Você também pode programar cinco botões para iniciar aplicações que, quando um dispositivo for clicado, vão agir de acordo com o dispositivo. Você poderia clicar em um dispositivo para fazer um ping, por exemplo. Seu diagrama se transforma em um desenho dinâmico e interativo.
5. Advanced IP Scanner

O Advanced IP Scanner provê informação sobre todos os dispositivos em uma rede.
Este pequeno utilitário gratuito é uma ótima maneira de obter uma relação rápida de todos os dispositivos conectados à rede, listados por endereço IP, com informação sobre cada um deles. Ele faz uma varredura ultraveloz de todos os endereços IP em um intervalo que você determina e, em seguida, especifica se um dispositivo está presente em cada endereço. Para cada dispositivo, ele informa o status, o nome da máquina, informação sobre NetBIOS, informação sobre ping e endereço MAC.
O programa não se limita à varredura da rede. Também oferece um conjunto de ferramentas que permite desligar PCs remotamente, usar o recurso “Wake on LAN” para qualquer PC com placa de rede que suporta esta capacidade e conectar a PCs remotos via Radmin, se este estiver instalado. Você também pode aplicar algumas operações -- desligar PCs remotos, digamos – a um grupo de computadores, e não apenas individuais.

6. Advanced Net Tools (ANT)
É o canivete suíço dos utilitários de rede e você não terá que desembolsar um centavo por ele. Este freebie coloca ao seu alcance um pacote completo de ferramentas que executam scans de portas, consultas DNS e pings, examinam porções da rede, verificam tabelas de roteamento e muito mais.
Os módulos de segurança são especialmente úteis para rápidas varreduras de rede. Há um scanner de portas de rede que faz uma varredura de todos os computadores na rede e informa sobre as portas abertas e um scanner que reporta sobre todos os drives compartilhados na rede.
O Advanced Network Tools é o próprio canivete suíço.
Os módulos de informação também são úteis. Eles permitem que você examine a tabela de roteamento e acrescente e remova entradas nela. Você também pode descobrir os endereços IP disponíveis para serem atribuídos à sua rede. Outros módulos fazem consultas DNS avançada, mostram todos os adaptadores de rede conectados aos computadores na rede e acrescentam e removem seus endereços IP, entre outras coisas.
7. DreamSys Server Monitor
Você quer saber se seus servidores estão funcionando? Este utilitário monitora se os servidores estão ativos e, se não estiverem, sugere uma série de ações que você pode escolher. Em um intervalo especificado, ele checa se os servidores continuam funcionando. Também é possível verificar os servidores manualmente a qualquer momento. 
O DreamSys Server Monitor verifica se os servidores estão ativos e envia alertas caso detecte algum problema.
Além disso, você pode instruir o programa a tomar uma série de atitudes ao identificar um problema no servidor, inclusive enviar um e-mail, reiniciar a máquina, iniciar um serviço, emitir um som ou executar um comando. Ele também emite um som ou executa um comando quando o servidor está funcionando.
Pode ser um pouco confuso configurar o programa para monitorar um servidor. Se você vai monitorar um servidor via TCP / IP, quando adicionar um novo servidor para monitorar não se esqueça de clicar na guia Options e digitar a porta TCP que deseja controlar. Do contrário, receberá uma mensagem de erro.

8. NetBrute Scanner
A segurança da rede está diretamente relacionada ao elo mais fraco --  em muitos casos, pastas compartilhadas ou portas abertas por engano. Pode ser difícil e demorado tentar encontrar todas as pastas compartilhadas e portas abertas em uma rede, ainda que pequena.
Este simples e gratuito pacote de três ferramentas de segurança executa uma verificação de segurança básica, à procura de recursos compartilhados e portas abertas. Como bônus, ele testa a segurança de qualquer servidor web na rede.
Você pode verificar pastas e recursos compartilhados, bem como portas abertas, em qualquer PC individual na rede usando o endereço IP ou nome da rede. Você também pode examinar toda uma gama de endereços IP, embora eu tenha achado esta funcionalidade um tanto estranha. Ela não encontrou todos os PCs na minha rede. A varredura de PCs individuais, entretanto, funcionou bem.
O NetBrute Scanner apresenta todos os recursos compartilhados e, melhor ainda, permite que você conecte a estes recursos e pesquise-os a partir do programa. O programa também varre os PCs na rede em busca de portas TCP abertas, possibilitando que você descubra quais servidores web, servidores de FTP, recursos Telnet e outros do gênero estão instalados. Mais importante, ele mostra onde estão as vulnerabilidades de portas.
O terceiro utilitário do pacote checa servidores web na rede e tenta invadi-los através de um “ataque de dicionário”, experimentando combinações de nomes de usuário e senhas para ter acesso à conta do webmaster.
Este programa tem várias limitações técnicas. Antes de utilizá-lo, é uma boa idéia conhecer mais detalhes.  Ainda assim, é grátis, simples  e veloz, e por isso vale muito a pena experimentá-lo.

9. Technitium MAC Address Changer 
Conforme escrevi anteriormente, existem diversas maneiras de proteger uma rede sem fios doméstica contra intrusos. Uma delas é impedir qualquer pessoa de conectar à rede, exceto as que têm placas de rede com endereços MAC específicos. 
É fácil configurar o roteador para bloquear intrusos.  Mas como saber se realmente funciona?
Verificando você mesmo. Uma das melhores maneiras de fazê-lo é falsificar (spoof) um endereço MAC, ou seja, dar um novo endereço a uma de suas placas de rede existentes. O Technitium MAC Address Changer permite que você altere o endereço MAC com alguns cliques simples. Rode o programa, selecione a placa de rede à qual deseja dar um endereço MAC falsificado, clique em Random MAC Address e, em seguida, clique no botão Change Now! Pronto. Para voltar ao endereço MAC original, selecione-o e clique em Original MAC
Este programa também tem outros usos. É uma ótima maneira de obter todos os detalhes sobre suas placas rede, incluindo nome do fabricante; endereço MAC; e informações sobre IP, Gateway e DNS associadas a cada uma das placas de rede. Além disso, libera e renova um endereço IP para uma placa, o que ajuda a corrigir conexões de rede colapsadas.

10. RogueScanner
Existe uma forma ainda melhor de descobrir se há algum intruso na sua rede: usar este programa. Antes de executá-lo, elabore uma lista com todos os PCs e dispositivos existentes na rede. Com a lista na mão, execute o RogueScanner. Ele mostra todos os dispositivos que estão na rede, incluindo roteadores, impressoras e PCs. Os endereços IP e MAC de cada dispositivo são apresentados. Ele examina ainda mais fundo e tenta descobrir outras informações – por exemplo, se o dispositivo é uma workstation, impressora, servidor, roteador ou PC, bem como o fabricante e o número do modelo.
Compare o que o programa encontra com a lista de dispositivos que você sabe que são seguros e confiáveis. Se você encontrar um dispositivo na rede que não está na lista, você tem um intruso.
EXTRA: NetPeek
Este não é grátis, é shareware -- você não paga para experimentar, mas custa US$ 40 se decidir tê-lo. O NetPeek faz uma varredura da rede, identifica todos os dispositivos conectados a ela – computadores, servidores, impressoras e assim por diante – e fornece informações vitais sobre cada um. Para cada dispositivo, ele tenta identificar o endereço IP, o nome DNS, o endereço Ethernet, o software servidor, o fabricante da placa de rede, o usuário que está conectado no momento, a resposta do ping, portas abertas e muitas outras coisas. O programa traz links web úteis, como um link para o fabricante da placa de rede que permite obter patches e atualizações de firmware.
O NetPeek fornece informações vitais sobre cada dispositivo na rede, mas é shareware – se você quiser usá-lo após 30 dias, terá que pagara a taxa de registro.
É um programa bastante básico e seus melhores recursos não são fáceis de acessar. Por exemplo, é difícil saber, inicialmente, como fazer uma varredura em um intervalo de rede. Para fazer isso, você precisa escolher Scan Range no menu File e preencher o formulário. Certifique-se de clicar em “Log results to file” para criar um arquivo de registro de modo que você sempre possa remeter aos resultados. Você também pode usar a ferramenta Cache Manager do programa para ver informações sobre todos os dispositivos que estão na rede.
Lembre-se de que este programa tem seu próprio ritmo de trabalho e por isso, se você tiver muitos dispositivos para checar, prepare-se para esperar. Você poderá usar o NetPeek gratuitamente durante 30 dias ou 500 scans, o que acontecer primeiro. Depois disso, terá que pagar a taxa de registro.

Reações:

0 comentários: