domingo, 4 de outubro de 2009

Alerta não é considerado "anti-radar" DA REPORTAGEM LOCAL
Alguns dos navegadores testados vêm com uma funcionalidade que alerta sobre radares, o que está sendo objeto de polêmica. Isso porque o governo federal encaminhou ao Congresso, em fevereiro, um projeto de lei que penaliza "qualquer dispositivo ou artifício" para alertar sobre os radares.
Atualmente, o Código de Trânsito Brasileiro penaliza a utilização de dispositivo anti-radar como infração gravíssima, sujeita à pena de multa e apreensão do veículo. No entanto, em comunicado, o Departamento Nacional de Trânsito descreveu que "equipamento considerado anti-radar é aquele que interfere no funcionamento do radar", o que não acontece com o GPS.
Reações:

0 comentários: