quinta-feira, 1 de outubro de 2009

fonte: http://www.interney.net/?p=9754945

Depois que larguei meu emprego para viver desse site, recebo mensagens diariamente, além de ler em diversos blogs sobre gente sonhando em ganhar dinheiro com o blog. Muitos me pedem dicas, muitos querem saber qual o segredo e dizem que entendem se eu não quiser contar, muitos estão desempregados e imploram uma ajuda, sem exageros as vezes recebo verdadeiros melodramas.

Esse post tem um pouco de desabafo e um pouco de informação, espero que eu saiba dosar cada aspecto na medida certa, em primeiro lugar não quero desqualificar a mensagem de ninguém, pelo contrário, me sinto grato e realizado de ter me transformado, de certa forma, numa espécia de 'referência' sobre o assunto aqui no Brasil. Eu acredito que muitos estão passando por dificuldades financeiras, tenho diversos familiares bem próximos em situação parecida, ao contrário do que alguns imaginam eu não estou numa realidade assim tão diferente de vocês.

O que me incomoda é que parece que me tornei um 'mercador de ilusões', quando meu objetivo sempre foi e continuará sendo o de disseminar informações. Para alinhar a expectativa de alguns leitores com a realidade, preciso contar um pouco da minha história e da história do meu site: Eu uso computadores desde 1989, trabalho com eles desde 1990, conheço internet desde 1995 e comecei este site em 1997, em 2002 comecei a ganhar os primeiros trocados com internet, não chegava a R$ 100,00.

Lição número 1: Se você quer alguma dica para ganhar dinheiro muito rápido, eu espero que você encontre e seja meu amigo, pra vir me contar quando descobrir, porque eu demorei 5 anos para ganhar os primeiros R$ 100,00. : ( 

Atualmente eu tenho cerca de 4 milhões de visitas todo mês (1 milhão de visitantes únicos/mês), a maior parte delas são de pessoas fazendo testes, buscando dicas para blog, querendo ganhar dinheiro na internet, jogando na mega-sena, lendo poesias, comprando no shopping, etc. Eu vivo dos anúncios espalhados nessas páginas, digamos que o blog é a alma deste site, graças a ele eu criei um relacionamento com os leitores que me ensinaram o que eles queriam ver nas páginas do InterNey.Net, sem o blog definitivamente eu não teria feito o mesmo sucesso, por isso vale dizer que eu 'vivo do blog'. Sobre o shopping, muitos dizem que é apenas uma cópia do MercadoLivre, eu sugiro que façam algumas buscas e comparem com as buscas do MercadoLivre, talvez vocês entendam porque muita gente passa aqui primeiro antes de comprar lá ; ) 

Lição número 2: Se você tem mais anúncios que visitantes ou conteúdo dificilmente você vai ganhar algo com seu blog. Se na lição anterior você não entendeu o que eu fiz nos 5 anos desde que comecei o site, espero que agora tenha ficado claro.

Existe uma lenda sobre dicas/lições que diz que elas tem de ser 3, 5, 7 ou 10, é curioso como listas geralmente contém uma dessas quantidades de elementos, como eu não quero deixar esse texto muito extenso vou parar na lição número 3.

A primeira versão do meu site, antes de ter domínio próprio, tinha um design horrível, funcionava mal em qualquer navegador, tinha um português péssimo, demorava muito tempo para abrir mesmo nas conexões mais rápidas (que na época eram de 28.8K ou 33.6K) e era lido no máximo por uma dezena de pessoas. Já se passaram 9 anos e eu não sou excelente em nenhum desses aspectos, meu design é razoável (alguns dirão ruim), funciona em quase todos os navegadores (não tente abrir com o seu celular), tem um português bom (alguns dirão razoável), abre muito rápido (depende da hora do dia) e é lido por milhares de pessoas diariamente.

Lição número 3: Estude muito, se você acha que vai encontrar alguma receita pronta para resolver os mistérios da construção de um site eu sinto desapontá-lo, eu comprei livros sobre design, comprei dicionários e gramáticas, passei anos estudando HTML, CSS, Javascript, MySQL, PHP e ainda tenho muito a aprender, pois a internet é um terreno em constante transformação. Na verdade alguém que faça tudo sozinho no seu site é uma coisa possível apenas nesses tempos da pré-história da internet onde o amadorismo é tolerável, em breve terei de terceirizar algumas coisas se quiser sobreviver.

Espero que não tenha desanimado ninguém, minha intenção não é essa, apenas separar mito de realidade, agora que você sabe que não existe nenhum segredo, mas sim muita transpiração, espero que comece uma jornada mais produtiva.
Reações:

0 comentários: