quarta-feira, 21 de abril de 2010

Os 5 supercomputadores mais rápidos do mundo

por Fabiano Candido


Quanto tempo você demora para descobrir o resultado de 9 x 7? Um segundo. Ora, então você é lerdo, muito lerdo para responder as tabuadas. Claro, não quando comparado a mim, que demoro cerca de três segundos para receber a informação, processar a conta e falar a resposta certa, o número 63.

Na verdade, você fica devendo na rapidez quando é comparado aos 5 mais rápidos supercomputadores do mundo. Barulhentos, vorazes consumidores de energia e totalmente frios (eles só funcionam em salas com o ar condicionado no talo), esses equipamentos conseguem executar, em apenas um segundo, centenas de trilhões de operações de ponto flutuante (teraflops).
Ok. A comparação é injusta, pois não dá para comparar um homem a uma máquina. Mas isso não tira os méritos desses brinquedinhos. Nas mãos dos cientistas, eles dão respostas para coisas complexas, além de tabuadas: como a previsão do tempo, a energia liberada por armas nucleares, a potência de medicamentos e a simulações de inventos mecânicos. Ah, claro, eles calculam coisas complexas e estudam os mistérios do planeta. Supercomputadores, vale dizer, até jogam xadrez.
Conheça, agora, os 5 mais rápidos supercomputadores. Como a gente não tem energia, espaço e ar condicionado suficientes para testá-lo no INFOLAB, pegamos o ranking do grupo TOP500. O pessoal desse projeto faz parte de diversas universidades do mundo e mede, desde 1993, o desempenho dos mais poderosos supercomputadores duas vezes ao ano. E, pode ter certeza, esse pessoal é bem sério e criterioso nas medições.
1 – XT Jaguar
O número 1 da lista do TOP500 é o XT Jaguar, fabricado pela Cray. O todo-poderoso está instalado em solo americano, no laboratório Oak Ridge National, em Tennessee, e roda um sistema baseado em Linux. Os cientistas usam os seus 224.162 núcleos de processamento para gerar uma potência de 1.750 teraflops de processamento e pesquisar temas relacionados à geração de energia limpa, entre outras coisas.
2 – Roadrunner
O Roadrunner, desenvolvido e construído pela IBM, é o número 2 da lista. O dispositivo está instalado numa área de quase 600 metros quadrados do Laboratório de Los Alamos, na cidade do Novo México, nos Estados Unidos. O Roadrunner é preparado para chegar aos 1.700 teraflops por segundo, contudo, seu pico foi de 1.100 teraflops. Os cientistas usam o bichão para pesquisar, basicamente, os efeitos (e o poder) de armas nucleares.
3 – Kraken
Um supercomputador usado para diversos tipos de pesquisas acadêmicas leva a posição 3 da lista. É o Kraken, também desenvolvido pela Cray, que funciona no Instituto Nacional de Ciências da Computação, na universidade americana de Tennessee. No talo, o supercomputador consegue um processamento na casa dos 832 teraflops por segundo.
4 – JUGENE
É na Alemanha que fica o quarto supercomputador mais rápido do mundo. É o JUGENE, um hardware nervoso capaz de acelerar a 825,5 teraflops por segundo. Ele é utilizado por cientistas e pesquisadores do Jülich Research Centre. O JUGENE, também da IBM, roda um sistema Linux e, recentemente, foi classificado como um dos supercomputadores que menos consomem energia elétrica.
5 – Tianhe-I
O número 5 da lista é um supercomputador chinês, chamado de Tianhe-I. Construído por engenheiros da Universidade Nacional de Defesa e Tecnologia, o supercomputador oriental foi construído para ajudar na construção de aeronaves e na exploração de petróleo. O pessoal do TOP500 constatou que ele é capaz de chegar aos 563 teraflops de cálculos matemáticos por segundo.
Curioso para descobrir quais são os outros 495 supercomputadores da lista? Clique aqui.
Reações:

0 comentários: