terça-feira, 10 de março de 2009

Seu negócio - Para refletir um pouco

Demitido? Está na hora de criar seu próprio emprego
*Luiz Alberto Ferl

25/02/2009

Muito se fala que crise é oportunidade, mas nada como uma notícia destas - "infelizmente não vamos precisar mais dos seus serviços" - para a gente aproveitar e criar o nosso próprio negócio, aquela empresa - ou mesmo emprego - que você sempre sonhou, mas que por acomodação nunca teve coragem de criar. Aqui vão algumas dicas para você se lançar no mundo do empreendedorismo. Bem-vindo à bordo e boa viagem.

1) Entreviste você mesmo. Antes de se lançar nesta aventura, reflita se você terá as doses de flexibilidade, paciência, cara-de-pau, iniciativa própria e trabalho duro que esta viagem vai exigir. Ser patrão de si mesmo envolve uma mudança radical na vida.

2) Conheça o mundo no qual você está se metendo. Mesmo que você vá iniciar seu caminho numa nova área, conhecer profundamente seu produto ou serviço é um passaporte para o sucesso. Se você não se sente ainda seguro em termos de conhecimento, não inicie uma nova empresa. Converse com quem está no ramo, faça cursos, acompanhe seus competidores.

3) O cliente é quem vai assinar seu cheque. Um fator determinante para o sucesso é conhecer o que o seu futuro cliente quer. Muitos empreendedores falham porque tinham na cabeça uma idéia do que o cliente desejava, quando na verdade o público alvo queria algo completamente diferente. Ou simplesmente nada. Lembre-se que os clientes não procuram comprar apenas um produto ou serviço. Antes disso, eles desejam adquirir um conjunto de benefícios que atendem às suas necessidades e expectativas.

4) Planeje. Escreva a descrição da sua futura empresa (ou emprego), faça uma análise do mercado e dos preços que você vai cobrar. Depois, um plano de marketing e - o que é fundamental - um planejamento financeiro, deixando claro de onde você vai tirar o dinheiro (reservas, bancos, cartão de crédito, financiamentos especiais, família, amigos?) e como vai utilizá-lo.

5) Bem acompanhado. Antes de começar, é importante contar com apoiadores. Escolha o melhor contador que você conhece, um bom advogado (muita gente não gosta, mas eles são fundamentais) e, principalmente, um mentor, uma pessoa mais velha e experiente na qual você confia. Este mentor, ou mentora, pode ser achado numa faculdade, numa empresa de consultoria ou no próprio mercado.

6) Ande na linha. Ser oficial - fazer os registros e licenças necessárias, pagar impostos e seguir às demais orientações legais para formalização do negócio - é muito mais barato do que a chamada "economia informal". Se você for pego pela fiscalização terá de pagar todo o passado e provavelmente terá de abandonar seus sonhos.

7) Onde estão os clientes? Comece espalhando a notícia entre quem você conhece. Esteja onde o cliente está: numa feira de negócios, convenções e eventos de interesse da área. Resumindo, mostre a cara!

8) Crie a sua identidade online. Dedique parte do seu tempo a criar e manter um website, com excelente design e funcionalidades, e inicie uma conversa com seus futuros clientes e com o mundo. Uma página virtual é hoje parte essencial da estrutura da empresa e é o seu cartão de visitas para o mundo. Em 2009 a Internet trará surpresas para muita gente - se consolidará como a forma mais rápida, barata e certeira de fazer negócios.

9) Invista em redes sociais. Sites de relacionamento como Orkut e LinkedIN, YouTube, Twitter e blogs são ferramentas que podem e devem ser utilizadas para ampliar o reconhecimento da sua marca. O marketing online tem baixo custo e, se feito da forma devida, trará bons resultados. Mas atenção: não adianta pensar na web exclusivamente como um grande espaço para classificados. Para conquistar o respeito dos internautas é preciso criatividade e conhecimento da linguagem própria de cada tipo de página online, afinal a Internet é um meio que privilegia a interatividade.

10) Não desanime com as pequenas quedas. Empreendedores não se sentem ameaçados pelos obstáculos, imaginam caminhos novos. Aproveite os deslizes para mudar e criar valores. Iniciativa, persistência, especialização, persuasão e capacidade de assumir riscos são alguns dos traços que caracterizam o sucesso. Confie no seu potencial e mãos à obra.

Boa sorte.

*Luiz Alberto Ferla, CEO das empresas Knowtec (www.knowtec.com.br) - especializada em Inteligência Competitiva - e Talk Interactive (www.talkinteractive.com.br) - especializada em comunicação interativa. Engenheiro pós-graduado em planejamento estratégico, é também co-autor do livro "Viagem ao Mundo do Empreendedorismo", elaborado pelo Instituto de Estudos Avançados (IEA) em parceria com a Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje) e o Instituto Friedrich Naumann
Reações:

0 comentários: