terça-feira, 15 de julho de 2008

Uma pessoa me contou

Bom....
Eu nao acho que o caso esteja assim.... Uma coisa banal nao é necessária.

CCNA virou pré-requisito....
Mas nao deve ser fator de preocupacao que o cara tenha usado os tests kings,
ou p4s da vida.... As pessoas que não conhecem de fato ficarão em seus
lugares....
Esses que nao entenderam normalmente estao covardes nos seus empregos, que
dizem ser estaveis.... Tiram por obrigacao e aumento de salario.

Realmente para se trabalhar nao é necessário ter uma certificacao, a maioria
aqui que trabalha com isso sabe. Trabalho é uma rotina e etc.... As empresas
pensam na certificacao por questoes de dinheiro que podem economizar na
compra de equipamentos. (e foi por isso que as certificacoes foram criadas,
aumenta o numero de pessoas que conhecem o q eu vendo, eu incentivo, dando
desconto aos compradores do meu produto se tiverem pessoas que conhecem meus
produtos, e economizo no suporte dado a estes equipamentos, o suporte fica
por conta do comprador até um determinado nivel. Pra quem nao sabe a Cisco
nao vende determinados tipos de equipamentos se nao tiver um CCIE
responsavel pela empresa).

Assim como quem quer fazer um CCIP deve fazer um CCNP.
Apesar de serem coisas "distintas" em relacao ao foco de uma e outra, um
mercado onde a maioria das pessoas nao entende as siglas, e nem o processo
de certificacao, a siglas comuns hoje sao CCNA, CCNP e CCIE.

A pessoa do recrutamento que procura um CCNP, pode descartar quem so
apresenta o CCIP

Meu objetivo é o CCIP, mas devido a essa manipulacao de curriculos no
mercado, vou fazer o CCNP primeiro.....
Eu li um email que fala de empresas tomando profissionais das outras, por
certificacao.... Isso acontece em Sao Paulo também, mas aqui a coisa é
assim. Tem ingles e certificacao, tá dentro... E se cuida pra continuar pq
CCNA tem mesmo aos montes, mas a maioria nao continua por causa da lingua.
Reações:

0 comentários: